Contracepção de Emergência

Dr. Celso Báez do Carmo.

CREMESP 57.071  

Contracepção de Emergência

O que é?

É o método conhecido como pílula do dia seguinte, baseado na utilização de altas doses de hormônio para evitar uma gestação indesejada após uma relação sexual desprotegida.

ESTE NÃO É UM MÉTODO ABORTIVO.

Quando usar?

A contracepção hormonal de emergência é um método oral que deve ser usado somente em caso de emergência após qualquer relação sexual desprotegida, incluindo:

  • quando nenhum contraceptivo foi usado.

  • quando houve falha potencial de método anticoncepcional, como:

   - ruptura da camisinha.

   - desalojamento do diafragma.

   - falha na tabelinha ou no coito interrompido.

   - esquecimento da tomada da pílula por dois ou mais dias no ciclo.

   - em caso de estupro.

A Contracepção de Emergência não é para ser utilizada regularmente.

Como usar?

O contraceptivo hormonal de emergência oral é apresentado em embalagens com dois cps de 750 mcg de levonogestrel cada.

O primeiro cp deve ser tomado até 72 horas após a ocorrência de uma relação sexual desprotegida (mas nunca após esse prazo).

O segundo cp deve ser tomado 12 horas após o primeiro.

A eficácia  do contraceptivo de emergência aumenta para 95% se a   1ª dose for ingerida nas primeiras 24 horas após a relação sexual desprotegida.

Se ocorrer vômito até 2 horas após a ingestão do comprimido, a dose deve ser repetida.

Como age?

Se você tomar o primeiro cp do contraceptivo de emergência até 72 horas após ocorrer uma relação sexual desprotegida, ele vai impedir ou retardar a liberação de um óvulo do ovário, impossibilitando a fecundação.

É importante deixar claro que o contraceptivo de emergência não tem efeito algum depois de iniciada uma gravidez.

ESTE NÃO É UM MÉTODO ABORTIVO.

**** Lembre-se de tomar a segunda dose após 12 horas para que a ação seja efetiva.

Qual a eficácia?

O contraceptivo de emergência previne uma possível gravidez não planejada na maioria dos caos, mas não é 100% eficaz.

Quando usado corretamente após um coito único, o contraceptivo de emergência evita em 95% uma possível gravidez, quando tomado no primeiro dia; em 85% no segundo dia e em 58% no terceiro dia.  

Porém, se você tem uma vida sexual regular, mas usa o contraceptivo de emergência como único anticoncepcional, após cada relação, sua chance de engravidar será bem maior da que teria uma mulher usando anticoncepcionais orais regulares.

Por esse motivo, o contraceptivo oral de emergência não deve substituir os métodos anticoncepcionais de uso regular.

É segura?

De modo geral a maioria das mulheres pode tomar o contraceptivo hormonal de emergência, pois não há contra-indicações médicas conhecidas para este método.

Causa algum tipo de efeito colateral?

Apenas 5% das mulheres que tomaram o contraceptivo de emergência apresentam vômito. A porcentagem de mulheres que apresentaram náuseas foi 25%

Estes efeitos colaterais geralmente não duram mais de 24 horas.

O que fazer após usar?

Você não sentirá nada que indique seo contraceptivo de emergência funcionou ou não.

Se a menstruação atrasar mais de uma semana ou se você estiver preocupada, consulte o seu médico.

Durante o resto do ciclo deverá utilizar outro método contraceptivo como a camisinha.

O que acontece com a menstruação depois?

A sua menstruação deve vir no período usual. Em geral acontecerá:

  • 13% a menstruação atrasará mais de 7 dias.

  • 15% a menstruação atrasará de 3 a 7 dias.

  • 57% a menstruação virá no prazo certo ou até 3 dias antes ou depois.

  • 15% a menstruação adiantará mais de 7 dias.

Se o contraceptivo de emergência não funcionar e você ficar grávida, sua gravidez será normal?

Avaliações feitas mostraram que, caso o contraceptivo de emergência não tenha sido efetivo e ocorreu a gravidez, nenhuma disfunção foi relatada com a gestante ou com o feto durante ou após a gravidez.

Fique tranquila. Nada que indique o contrário foi verificado.

ESTE NÃO É UM MÉTODO ABORTIVO.

Veja mais em:

Fontes:

http://www.clae.info/downloads/Publicaciones/macontr.pdf

http://busca.uol.com.br/img_details.html?q=PILULA%20DO%20DIA%20SEGUINTE&imgurl=http://static.hsw.com.br/gif/morning-after-pill.jpg&imgthumb=http://images-partners.google.com/images?q=tbn:ANd9GcSvxzDVICFISZjhXRTlIGc3hod7roHlJfM_f9dUUcdExtt_j53gtJIKtMo:http://static.hsw.com.br/gif/morning-after-pill.jpg&imgrefurl=http://saude.hsw.uol.com.br/pilula-do-dia-seguinte.htm&d=400×249&sz=8kB&title=morning-after-pill.jpg&backurl=http://busca.uol.com.br/imagem/index.html?ref=homeuol&ad=on&y=6&q=PILULA+DO+DIA+SEGUINTE&x=32&start=0&ref=http%3A%2F%2Fbusca.uol.com.br%2Fimagem%2Findex.html%3Fref%3Dhomeuol%26ad%3Don%26q%3DPILULA%2BDO%2BDIA%2BSEGUINTE%26x%3D32%26y%3D6&ubs=img

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>